Notícias

Projeto desafia estudantes a tomar atitudes saudáveis

O Plano Mestre de Desenvolvimento de Saúde (PMDS) lançado na quarta-feira, 13, no Colégio da Faculdade Adventista da Amazônia (FAAMA), desafiou estudantes desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. A idéia é reforçar inicialmente o consumo abundante de água, a prática de exercícios físicos regulares e o uso da luz solar.

A enfermeira da FAAMA, Alaice da Silva Oliveira, comentou o propósito do projeto. “A gente entende que não é só a parte educacional ou a parte acadêmica que merece atenção, mas que os nossos alunos precisam cuidar da saúde também. Queremos fazer com que o aluno tenha uma vida mais saudável e saiba que Deus deixou vários remédios na natureza com os quais nós podemos previnir uma série de doenças”.

Como responsável pelo projeto na FAAMA, ela apontou a importância de envolver o maior número possível de pessoas ao redor do mesmo objetivo. “Quando a família abraça um estilo de vida saudável, nós estamos educando uma criança neste modelo, é uma maneira deste incentivo durar ainda mais tempo. Portanto, pais, abracem este projeto. O PMDS não é só para alunos, mas pais, professores e colaboradores em geral”.

A mudança pode ser benéfica de várias formas diferentes, segundo Alaice. “Eu recebo sempre na minha sala alunos com queixas que poderiam ser facilmente solucionadas com uma mudança de estilo de vida. Recebo alunos que sofrem por falta de água, dores que acontecem por falta de atividade física, crianças dormindo em aula por problemas no sono, além da obesidade infantil que é uma estatística no Brasil e no mundo. Tudo isso pode ser amenizado ou solucionado por hábitos mais saudáveis”.

Segundo Alaice, no decorrer do ano letivo os alunos deverão conhecer outros recursos importantes para mais qualidade de vida. “São oito, os remédios que Deus nos deixou para ter mais saúde. Até agora falamos de três deles mas estamos só começando”.